5 Factos sobre embalagens e a sustentabilidade ambiental

As embalagens ajudam o meio ambiente através da prevenção de resíduos e, consequentemente, na diminuição da utilização dos recursos naturais e reaproveitamento dos recursos já existentes.

Se não houvesse embalagens, alimentos e outros produtos seriam perdidos durante o processo de manipulação, a falta de higiene seria um problema e informação sobre o produto insuficiente. Usar as caixas para embalamento de produtos tem inúmeras vantagens, como podemos ver abaixo. 

 

Recuperação, reciclagem e caixas de compostagem

A indústria de papel e cartão tem uma infra-estrutura de recuperação muito desenvolvida na Europa. As caixas são recolhidas a partir dos contentores de papel ou por empresas especializadas e são reencaminhados para centros de reciclagem. As embalagens de papel e cartão atingem uma taxa de reciclagem na Europa superior a 80% e mais de 60% das embalagens de cartão são feitas através de cartão reciclado. As fibras de madeira podem ser recicladas várias vezes até perderem a força e a capacidade de serem recicladas. O cartão é ideal para a compostagem uma vez que a fibra de madeira é biodegradável.

 

Uso de energia na produção de cartão

Cerca de 50% de toda a energia primária utilizada na Europa provém da celulose, papel e indústria de placas onde a base é a biomassa. A indústria é o maior produtor e consumidor de energia a partir de biomassa, por volta de 25% do total da UE. Deste modo evita-se o uso de fontes de energia não renováveis como o petróleo, o carvão ou o gás. Isto reflectiu-se nas emissões de CO2 emitidas pelas indústrias que baixaram em 29% desde 1990. Mais de 90% das centrais eléctricas europeias, instalaram calor e energia derivados de plantas, biomassa e gás natural. 

 

Uso da água na produção de cartão

A água é um elemento essencial para a produção do papel e cartão. Esta atua como uma ligação entre as fibras no processo de produção, para a limpeza e transporta a energia sob a forma de vapor que é utilizada na refrigeração das unidades do processo. A água é normalmente recolhida perto da fonte, como um lago ou rio. Por volta de 95% da água utilizada na indústria está limpa e é reutilizada no local. Todas as águas residuais são purificadas na fábrica de acordo com os regulamentos e normas europeias, antes de serem devolvidas ao meio ambiente. Nos últimos 30 anos, o uso de água já foi reduzido em cerca de dois terços e continua-se a melhorar os processos para baixar este número.

 

Gestão Sustentável das Florestas

A matéria-prima necessária para a produção do cartão são as fibras de madeira. Cerca de 80% da madeira utilizada para fazer papel e cartão vem de florestas europeias, sendo o restante proveniente de fora da UE. As florestas europeias utilizadas pela indústria de papel e cartão são sustentáveis, todos os anos existe uma nova plantação que excede o número de madeira recolhida. As florestas oferecem um habitat natural para um grande número de plantas e animais. A gestão da floresta para actividades e produção de madeira fornece um benefício económico para os proprietários e para as comunidades locais. Os proprietários florestais e operadores gerem cuidadosamente as suas florestas, o que pode ser comprovado pelos certificados que possuem.

 

Alterações Climáticas

A floresta desempenha um papel de extrema importância nas mudanças climáticas. São uma fonte de matéria-prima renovável que faz parte do ciclo da natureza. O dióxido de carbono é absorvido pelas árvores à medida que estas vão crescendo e é também fixado no solo através das suas raízes. As fibras de madeira das florestas que são transformadas em cartão, armazenam dióxido de carbono no produto convertido, o cartão. Em adição, os cartões reciclados mantêm o dióxido de carbono evitando que este retorne à atmosfera. Produtos derivados de cartão providenciam uma melhor solução de embalagem de uma perspectiva ecológica. 

 

 

Texto elaborado por:

Sandra Salgado

Social Marketing 

Linkedin  

 

Last modified onquinta, 28 julho 2016 13:14
Back to top