Porque compensa investir em design

A recessão económica dos últimos anos pôs as empresas sob uma pressão constante para diferenciar as suas ofertas, a falta de recursos levou-as a diminuir a sua capacidade de negociação através do preço. Assim, um número crescente de empresas começou a usar o design para diferenciar-se da concorrência. 

 

O design adiciona valor através da promoção da inovação, diferenciam produtos e serviços de forma a atrair clientes e reforçam a marca incorporando os valores da empresa e melhorando o seu reconhecimento.

Entre os vários benefícios decorrentes deste investimento, está o crescimento das vendas, o aumento da quota de mercado, a redução dos custos e a maior eficiência na produção. Os benefícios para uma marca quando investem em design são maioritariamente não-financeiros, mas de extrema importância para as marcas no longo prazo, trazendo maior reconhecimento da marca, maior satisfação do cliente, maior consistência na saída do produto e taxas de falha de projeto reduzidas.

O design é um investimento estratégico, não uma despesa. O design quando integrado nos processos de desenvolvimento e inovação do negócio traz um maior impacto no crescimento do lucro e na capacidade de exportação.

Para conseguir um impacto máximo através do design de embalagem, existem algumas máximas pelas quais se pode guiar.

Usar o design para diferenciar. O design é uma ferramenta poderosa se usada principalmente como um meio para resolver os problemas dos clientes. Um elemento fundamental do pensamento do designer é simplesmente pensando e idealizando uma solução para resolver um problema ou atender a uma necessidade do cliente, em vez de analisar o que a concorrência esta a oferecer. 

Integrar design e branding. Ao explorar novas opções, ideias e cenários, os valores e atributos da marca devem ser tidos em conta. O projecto deve ser incorporado de forma a reforçar a marca, ao falar numa linguagem que é consistente com esta.

Confie no talento do seu designer. Um projecto inovador e de sucesso muitas vezes exige a tomada de decisões arriscadas. Confiança nas relações entre a administração e o designer é fundamental. Essa confiança pode derivar do pensamento da administração em que o design e a inovação podem fazer uma diferença positiva na marca e consequentemente nas vendas. 

Deste modo, o design hoje em dia está intimamente ligado às empresas. Já não é dirigido apenas para os produtos tecnológicos ou marcas de luxo. Durante a última década, o design ganhou relevância para o modo como as organizações são estruturadas e o modo como estas operam. 

Não há dúvidas de que o design age como um estímulo para o crescimento empresarial. 

 

 

 Texto elaborado por: 

Sandra Salgado

Social Marketing 

Linkedin  

Last modified onquarta, 17 agosto 2016 13:15
Back to top